Dança dos técnicos: após mais uma derrota no estadual, time catarinense demite treinador - Gazeta do Futebol
Dança dos técnicos: após mais uma derrota no estadual, time catarinense demite treinador

A dança dos técnicos segue agitada neste final de semana. Após o Paraná Clube ficar sem treinador, depois do pedido de demissão de Jorge Ferreira, neste domingo (6), foi a vez do Avaí anunciar a saída de Claudinei Oliveira. Ele não resistiu a derrota por 1 a 0, em casa, para o Próspera, na noite deste sábado (5), pela quinta rodada do Campeonato Catarinense. Dessa forma, ele encerra sua segunda passagem pelo clube.

Com o resultado, o Leão tem apenas uma vitória no estadual e ocupa a oitava colocação com cinco pontos ganhos. Além do mau início no Catarinense, o time havia aberto a temporada perdendo a Recopa para o Figueirense.

O time começou o ano embalado pela volta à Série A do Campeonato Brasileiro. O acesso motivou a renovação com o treinador até o final deste ano. No entanto, os tropeços no começo da temporada fizeram a diretoria muda de ideia.

Os números

Somando suas duas passagens, Claudinei Oliveira comandou o Avaí em 176 partidas, número que o coloca como o terceiro técnico que mais treinou o time. Foram 79 vitórias, 50 empates e 47 derrotas com um aproveitamento de 54,3% dos pontos. Claudinei é também o técnico com mais jogos na Ressacada.

Dirigindo o Leão o treinador conquistou dois acessos para a Série A do Campeonato Brasileiro, em 2016 e 2021. Também no ano passado ele faturou o título do Campeonato Catarinense.

O Avaí já tem compromisso pelo estadual na próxima quarta-feira (9), quando vai até o Augusto Bauer encarar o Brusque.