Problemas de saúde obrigam treinador a se afastar do comado de time da Segunda Divisão - Gazeta do Futebol
Problemas de saúde obrigam treinador a se afastar do comado de time da Segunda Divisão

Restando poucos dias para a volta dos treinos das equipes que vão disputar o Campeonato Paulista da Segunda Divisão, o América de São José do Rio Preto ganhou um grande problema. Por questões de saúde, o técnico Pinho terá que se afastar do comando técnico, mas deve seguir no clube.

O profissional, que tem 75 anos e por isso faz parte do grupo de risco, realiza tratamento de uma hepatite e após conversar com um médico decidiu abrir não de comandar a equipe na Segunda Divisão.

“Estou bem, mas o médico disse que não é bom nem que eu pegue resfriado. Infelizmente meu sonho de comandar o América será adiado novamente”, falou o treinador que há alguns anos tem feito tratamento e sempre realiza exames de rotina.

Pinho conversou na manhã desta quinta-feira (3), com o presidente Luiz Donizete Pietro, o Italiano, e propôs que seu auxiliar, Ordilei Maurer, assuma o comando tendo seu auxílio. Ordirlei, por sua vez, prometeu dar um posicionamento na próximas segunda-feira (7).

O presidente do América disse que Pinho deverá continuar frequentando o clube duas vezes por semana e conduzir as contratações do time. O mandatário disse que Pinho fará as palestras antes dos jogos e só não estará no banco de reservas. “Caso o América suba, fará parte da premiação também”, disse Italiano.