América SP tem valores que receberia por Luan bloqueados pela Justiça - Gazeta do Futebol
América SP tem valores que receberia por Luan bloqueados pela Justiça

A venda de Luan do Grêmio para o Corinthians rendeu um percentual ao América de São José do Rio Preto, clube pelo qual o meia passou entre os anos de 2012 e 2013. No entanto, uma decisão da Justiça impede a diretoria alvinegra de repassar os valores ao time do interior em razão de uma dívida do clube.

De acordo com decisão proferida pelo juiz Marcel de Avila Soares Marques, da 2ª Vara do Trabalho de São José do Rio Preto, o Corinthians tem que bloquear qualquer valor que seria repassado ao América e depositar o montante em juízo. O alvinegro ainda tem 15 dias, a contar de 22 de junho, para informar o real valor pago pelo jogador.

América não está preocupado

O valor que o América tem por receber gira em torno de 52 mil reais, segundo a diretoria do clube. No entanto, de acordo com o presidente Luís Donizete Prieto, o não recebimento do dinheiro não gera preocupação no clube, que também não pretende recorrer. “Não contamos com esse valor, que é pouco, coisa de R$ 52 mil”, disse.

O América foi acionado na Justiça em uma ação conjunta, no valor de 7 milhões de reais, envolvendo 136 pessoas. Por conta disso, em três oportunidades o estádio Benedito Teixeira, o Teixerão, foi penhorado em três oportunidades e posto a leilão.

O valor da transferência de Luan para o Corinthians que foi divulgado gira em torno de 22,7 milhões de reais.