Após invasão em treino, atacante pede para deixar o Figueirense - Gazeta do Futebol
Após invasão em treino, atacante pede para deixar o Figueirense

Dois dias após um grupo invadir o estádio Orlando Scarpelli e atirar rojões contra os jogadores do Figueirense que realizavam um treino regenerativo o elenco sofreu sua primeira baixa. Emprestado pelo Internacional, o atacante Pedro Lucas, de 22 anos, pediu para retornar ao Internacional, clube o qual pertence.

A informação foi passada pelo presidente do clube, Norton Boppré, em entrevista concedida ao Bom Dia Santa Catarina. O mandatário disse que antes mesmo da invasão, o empresário do atleta já havia ventilado a saída do atleta.

“Muito antes do episódio, o empresário dele consultou sobre a possibilidade do Pedro Lucas deixar o grupo. Não sei se há outro encaminhamento profissional a ele ou retorno ao Internacional. Certamente impactado pelo ocorrido, ele entendeu que é o momento para sair”, disse o mandatário, que acredita ainda que o episódio de sábado não acarretará na saída de outros atletas.

“O Figueirense não quer que profissionais descontentes se mantenham no elenco. Saberemos entender isso, mas não há nenhum outro atleta que pediu para sair. Estamos todos focados, mesmo em todas as dificuldades, e embuídos na conquista dos objetivos”, falou

Pedro Lucas havia chegado ao Figueirense no começo da temporada vindo por empréstimo do Internacional. Ele realizou 18 partidas com a camisa alvinegra e marcou três gols.

Com cinco pontos ganhos, o Figueirense ocupa a 16ª colocação no Campeonato Brasileiro da Série B, uma posição acima da zona de rebaixamento. O time volta a campo nesta terça-feira (8), quando encara o Cuiabá na Arena Pantanal.