Santa fica no empate com o Jacuipense e vê Série D cada vez mais perto

Jacuipense e Santa Cruz ficaram no 1 a 1 nesta segunda-feira (23), no estádio Barradão, em Salvador, em jogo que fechou a 13ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série C. O resultado foi péssimo para as duas equipes, sobretudo para o time pernambucano, que enxerga cada vez mais nítido o fantasma do rebaixamento.

O Santa chegou a oito pontos e segue na última colocação e está seis pontos atrás do Altos, primeiro time fora da zona de rebaixamento. Restando cinco rodadas para o termino da primeira fase, ainda estão 15 pontos em disputa.

A situação do Leão do Sisal, também segue complicada. O time baiano chegou aos 11 pontos e está três pontos do Altos.

O jogo

Horas antes da bola rolar o Jacuipense sofreu seu primeiro golpe no dia. O técnico Luizinho Lopes, que havia chegado algumas semanas atrás, pediu demissão após aceitar o convite para dirigir a equipe do Confiança, que também não vive bom momento na Série B. Quintino Barbosa assumiu a bronca para dirigir o time nesta noite.

Sabendo que poderiam morrer abraçados na luta contra o rebaixamento, os dois times iniciaram a partida já buscando o ataque e os primeiros 20 minutos foram bem movimentados e com equilíbrio.

Após os 20 minutos o Santa passou a ser melhor na partida e abriu o placar aos 34’ quando Levi cruzou e Pipico aproveitou o vacilo da zaga do Leão para fazer 1 a 0. O time visitante ainda criou outras duas boas chances de sair para o intervalo com uma vantagem maior.

O time baiano voltou melhor na segunda etapa enquanto que o Santa recuou. E a pressão deu resultado aos 19 minutos quando Bruninho cruzou na área e Peixoto chegou para mandar uma bomba no fundo do gol de Jordan.

Aos 31 minutos o time do Santa Cruz reclamou de pênalti em cima de Pipico, mas a arbitragem mandou o lance seguir.

O final do jogo foi frenético com os dois times buscando o gol que lhe dariam um respiro na briga contra a degola e ai quem brilhou foram os goleiros. Aos 48 minutos, após bola alçada na área, Willian Alves cabeceou e Jean fez espetacular defesa.

A resposta do time da casa veio na sequência, quando Jeremias saiu frente a frente com Jordan, o goleiro do Santa fechou bem o ângulo no primeiro chute, defendeu o rebote e na sequência a defesa salvou a bola que tinha endereço certo. E o placar ficou nisso.

O Jacuipense volta a jogar no próximo sábado (28), quando encara o Ferroviário, às 15 horas, no estádio Elzir Cabral. Já o Santa jogará só na outra segunda (30), quando recebe o perigoso Volta Redonda.

Ficha técnica da partida

Jacuipense: Jean; Gedeilson, Thiago Alves, Railon e Vicente (Djavan); Peixoto, Dionísio, Jeremias, Bruninho (Douglas); Thiaguinho e Bambam (Geovani Itinga). Técnico: Quintino Barbosa

Santa Cruz: Jordan; Weriton, Breno Calixto, Willian Alves e Leonan; Maycon Lucas, Tarcísio (Léo Gaúcho), Jailson e Frank (Elias); Levi (Madson) e Pipico. Técnico: Roberto Fernandes

Árbitro: Rodrigo Batista Raposo (DF)

Assistentes: Lucas Costa Modesto (DF) e Leila Naiara Moreira da Cruz (DF)