Oeste volta a sofrer com gol contra, é goelado pelo Criciúma e Série D é quase realidade

Jogando na manhã deste domingo (22), no estádio Heriberto Hulse, em Criciúma, o Oeste conheceu sua nona derrota em 13 jogos no Campeonato Brasileiro da Série C ao ser batido pelo Criciúma por 3 a 1 (veja os gols no vídeo anexo), resultado que deixou sua situação em termos de rebaixamento praticamente irreversível. Assim como na rodada passada, a equipe de Barueri foi novamente vítima do “fogo-amigo”, sofrendo mais um gol contra no campeonato.

Já o Tigre, apesar de não ter feito grande apresentação, chegou aos 26 pontos, assumiu a liderança do grupo, que só será perdida caso o Ypiranga derrote o Botafogo, em Ribeirão Preto. A equipe é a única equipe do campeonato a ter vencido todos os jogos em casa.

Os gols

Disputada sob forte calor, a partida foi carente de grandes emoções na etapa inicial. O time da casa não conseguia repetir suas boas atuações enquanto que o Oeste, apesar de não fazer uma partida ruim, também não ameaçava a meta adversária.

As coisas mudaram um pouco após a parada para hidratação, o Tigre melhorou, mas contou com a colaboração da defesa adversária para sair na frente aos 30 minutos Claudinho foi até a linha de fundo e cruzou. O zagueiro Douglas se atrapalhou com a bola e acabou marcando um golaço de letra, por entre as pernas do goleiro, mas contra. E assim como na rodada passada, o Rubrão sai atrás no marcador sendo vítima de suas próprias chuteiras.

Ainda no primeiro tempo o Criciúma ampliou quando aos 45 minutos Marcão recebeu lançamento, tocou na saída do goleiro Rodolfo e correu para o abraço.

Aos 12 minutos do segundo tempo o time catarinense voltou a contar com uma falha bizarra da defesa visitante para chegar aos 3 a 0. Marcão recebeu na intermediária e viu o goleiro Rodolfo adiantado. O atacante tentou o chute, mas pegou muito mal na bola e ela foi rasteira. O goleiro, que corria de volta para a meta, também não contava com o erro do chute e ao se virar para frente a bola já estava em cima dele e o que poderia ser uma defesa normal se transformou em uma falha grotesca.

Aos 46 minutos o Oeste chegou ao seu gol de honra, quando após cruzamento na área, a bola sobrou para Luís Ricardo descontar.

O Criciúma volta a jogar já na próxima sexta-feira (27), quando irá até a cidade de Novo Horizonte, no interior de São Paulo, fazer um duelo de tigres contra o Grêmio Novorizontino. Já o Oeste jogará no sábado (28), na Arena Barueri, contra o Botafogo de Ribeirão Preto.

Escalações

Criciúma: Gustavo; Claudinho, Rodrigo, Marcel Scalese e Helder (Pedro Rosa); Dudu Vieira, Arilson (Eduardo) e Dudu Figueiredo (Minho); Maranhão (Fellipe Mateus), Marcão (Warley) e Silvinho. Técnico: Paulo Baier

Oeste: Rodolfo; Luís Ricardo, Rodrigo Sam, Douglas e Salomão; Alison, Léo Arthur (Robertinho) e Ferreira (Jeffinho); Luizinho (De Paula), Kalil (Zeca) e Deivid (Kauã Jesus). Técnico: João Brigatti