Vitória diante do Botafogo mantém Mirassol na briga por vaga na segunda fase

O Mirassol ganhou na manhã deste sábado uma sobrevida na disputa por uma vaga na segunda fase do Campeonato Brasileiro da Série C. Jogando no estádio José Maria de Campos Maia, o Leão venceu o Botafogo de Ribeirão Preto por 1 a 0 e agora torcerá por tropeços do Ituano e Grêmio Novorizontino. A partida foi válida pela 12ª rodada.

Com o resultado, o time manteve a sexta colocação do grupo B, agora com 16 pontos, estando a quatro pontos dos rivais paulistas, que ainda entram em campo na rodada. Se tivesse tropeçado, o Leão correria o risco de ver a diferença para o quarto colocado aumentar para dez pontos faltando seis rodadas para o fim da primeira fase, o que praticamente lhe tiraria da disputa.

Já o time de Ribeirão Preto segue na quinta colocação, com 19 pontos e perdeu a chance, mesmo que de maneira provisória, de entrar no G4. A equipe agora também terá que torcer contra Novorizontino e Ituano para não correr o risco de ver a distância para a zona de classificação subir para quatro pontos.

O jogo

A partida começou com pouca movimentação, mas aos poucos o time da casa foi se soltando. As coisas para o Botafogo ficaram mais difíceis aos 30 minutos de bola rolando, quando Pará recebeu cartão vermelho, fazendo com que o time ficasse com um a menos em dois terços da partida.

Apesar de ter um atleta a menos em campo, o Botafogo ficou perto de abrir a contagem no começo da etapa complementar, quando logo aos dois minutos Caetano acertou a trave de Edson Mardden. E isso foi só o começo da pressão em cima do time da casa.

Mas justamente quando era melhor na partida o Pantera acabou sofrendo o gol. Aos 29 minutos, Luiz Fernando cobrou escanteio fechado e por baixo. A zaga do Botafogo bateu cabeça, o goleiro Igor Bohn também se atrapalhou e Luizão, debaixo da trave, colocou o corpo na frente da bola e empurra para o fundo do gol.

Já nos acréscimos, o Botafogo ainda teve a chance de conseguir o empate em belo chute de John, que exigiu grande defesa de Edson Mardden.

Os dois voltam a jogar no próximo final de semana. O Mirassol recebe o Figueirense no próximo sábado, às 17 horas, novamente no estádio José Maria de Campos Maia, em Mirassol. No dia seguinte, o o Botafogo recebe o líder Ypiranga no domingo, às 16 horas, no estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto.

Escalações

Mirassol: Edson Madden; Jeferson, Luizão, Guilherme Paraíba e Foguinho (Bruno Xavier); Daniel, Everton Heleno (Luiz Fernando), Neto Moura, Murilo (Rafael Silva) e Mateusinho (Mateus Anderson); Giovani (Macena). Técnico: Eduardo Baptista

Botafogo: Igor Bohn; Rodrigo, Fabão, Diego Guerra e Pará; Caetano (Djalma), Victor Bolt (John) e Emerson (Walter); Bruno Santos (Marlon), Neto Pessôa e Rafael Marques (Martinelli). Técnico: Argel

Árbitro: Grazianni Maciel Rocha (RJ)

Assistentes: Wallace Muller Barros Santos (RJ) e Guilherme Vogas Tavares (RJ)