Vila tem primeiro tempo on fire e impõe segunda goleada do Guarani

Com uma primeira meia hora de jogo arrasadora, o Vila Nova voltou a vencer no Campeonato Brasileiro da Série B ao vencer na manhã deste sábado (31), o Guarani por 4 a 1 em pleno Brinco de Ouro em duelo válido pela 15ª rodada. Essa foi a segunda derrota seguida do Bugre por este placar.

Sua camisa do Vila Nova está na Fut Fanatics

Com o resultado, o time goiano ganhou uma posição e agora aparece em 13º lugar com 18 pontos ganhos. Já o time de campinas perdeu a chance de entrar no G4 e permanece na sexta colocação com 23 pontos, mas pode ser superado por Vasco, Brusque e Sampaio Corrêa.

O Tigre começou mostrando seu cartão de visitas logo aos dois minutos de jogo quando após cruzamento, Dudu pegou a sobra de fora da área e encheu o pé para abrir o placar. O segundo tento veio aos 20 minutos com Henan. O atacante foi lançado, dominou no peito e bateu com estilo, por cobertura, para fazer uma pintura no Brinco de Ouro.

E tinha mais. Aos 30 minutos, em contra-ataque mortal, Arthur Rezende arrancou em velocidade e bateu de fora da área, o goleiro Gabriel Mesquita deu rebote, e Renan Mota aproveita para ampliar.

O Bugre voltou para o segundo tempo disposto a descontar e criou boas chances, mas parou no goleiro Georgemy. Sem conseguiu seu gol, o time da casa sofreu o quarto aos 40 minutos, quando em mais um contra-ataque mortal, Éder recebeu cruzamento rasteiro na área do Guarani e apenas empurrou para as redes de Gabriel Mesquita.

O time da casa fez seu gol de honra no apagar das luzes. Aos 49 minutos Allan Victor recebeu no bico da grande área, limpou para a perna direita e bate colocado, no ângulo do goleiro Georgemy.

O Guarani volta a jogar na próxima sexta-feira, novamente no Brinco de Ouro, contra o Brasil de Pelotas. Já o tem jogo no sábado, em Goiânia, contra o Sampaio Corrêa.

Escalações

Guarani: Gabriel Mesquita; Diogo Mateus (Pablo), Thales, Ronaldo Alves (Índio) e Bidú (Allan Victor); Bruno Silva, Rodrigo Andrade e Regis; Bruno Sávio, Matheus Souza (Andrigo) e Lucão do Break. Técnico: Daniel Paulista

Vila Nova: Georgemy; Renato, Rafael Donato e Xandão; Lucas Mazetti, Dudu, Arthur Rezende (Clayton), Renan Mota (Kelvin) e Willian Formiga; Alesson (Éder) e Henan (Alan Grafite). Técnico: Higo Magalhães

Árbitro: Vinicius Gomes do Amaral (RS)

Assistentes: Lucio Beiersdorf Flor (RS) e Luiza Naujorks Reis (RS)