Ituano inaugura dança dos técnicos na Série C e já tem novo treinador

Vinícius Bergantin inaugurou neste domingo (6), a dança dos técnicos no Campeonato Brasileiro da Série C. Ele deixou o Ituano após a derrota por 4 a 1, para o Grêmio Novorizontino, em Itu, no último sábado (5).

Após a saída de Renato Gaúcho do Grêmio, Bergantin era o técnico que estava há mais tempo no comando de um time dentre as três principais divisões do futebol brasileiro. No próximo dia 20 ele completaria quatro anos no cargo.

Nesse período levou o Galo às quartas de final do Campeonato Paulista de 2019 e nesse mesmo ano conquistou o acesso da Série D para a Série do Brasileiro. No ano passado o time brigou até a última rodada para subir para a Série B. Nos dois últimos anos o time não conseguiu avançar para a segunda fase do Paulista.

Novo comandante

Horas depois de comunicar a saída de Bergantin, o Ituano anunciou a volta do técnico Mazola Júnior. Ele trabalhou entre junho de 2009 até maio de 2010 e nesta segunda passagem fechou contrato até o final da Série C.

O treinador comandou o Remo nas rodadas iniciais do Campeonato Brasileiro da Série C do ano passado. Em 2016, levou o Paysandu para a Série B.

Mazola Júnior se apresenta sozinho nesta segunda-feira e assina contrato até o final do ano para a disputa da Série C. A comissão técnica do Ituano está mantida com os outros profissionais: os auxiliares Guilherme Bellangero e Carlos Pimentel e o preparador físico Gabriel Celante. Pimentel inclusive, era o preparador físico em 2009 e 2010 com o próprio Mazola Júnior.

O Ituano volta a jogar pelo Campeonato Brasileiro da Série C no próximo sábado (12), quando encara o São José, fora de casa.