Novo xerife do Paraná Clube diz que jogo contra o Cianorte será o tudo ou nada

Paraná Clube e Cianorte se enfrentam nesta quarta-feira (10), às 18h, no Estádio Albino Turbay, em jogo único válido pela primeira fase da Copa do Brasil 2021. Recém-chegado ao Tricolor, essa pode ser a primeira partida do zagueiro Jeferson Silva com a camisa paranista.

Contratado por empréstimo junto ao Portimonense, de Portugal, até o fim de 2021, o defensor de 28 anos foi um dos destaques do Londrina que conquistou o acesso à Série B do Brasileiro na temporada passada.  Agora no Paraná, Jeferson espera repetir as boas atuações pelo novo clube, a começar pelo importante confronto diante do Leão do Vale, fora de casa, pela competição nacional.

“Estou muito feliz e honrado com essa chance de defender o Paraná. A expectativa é a melhor possível. O torcedor pode ter certeza que vou me empenhar ao máximo para ajudar o clube a atingir seus objetivos. Chego bastante focado e motivado, e se Deus quiser, vamos iniciar positivamente essa caminhada na quarta-feira”, comenta o zagueiro.

Conforme prevê o regulamento da Copa do Brasil, todos os duelos desta fase inicial são realizados em partida única, onde em caso de empate, o time visitante avança para a fase seguinte do torneio.

Mesmo com o cenário favorável para o Paraná, já que o Cianorte é o mandante do confronto, Jeferson projeta uma disputa equilibrada, principalmente por carregar o peso de uma decisão e ser diante de um rival estadual.

“Será uma partida complicada, contra uma equipe que precisará sair para o jogo. Teremos que saber lidar com uma possível pressão, atuar com inteligência e não dar margem para erros. Além de ser um confronto caseiro, não tem jogo de volta, o que eleva ainda mais o grau de dificuldade. Precisamos ter muita atenção porque será tudo ou nada”, analisa o defensor.