Meia acredita que América-RN pode reverter desvantagem e voltar à Série C

Derrotado fora de casa pelo Floresta por 2 a 0 no jogo de ida das quartas de final da Série D do Brasileiro, o América-RN tem a difícil tarefa de reverter a vantagem do clube cearense se quiser avançar às semifinais da competição e, consequentemente, chegar à terceira divisão nacional.

Com três acessos em campeonatos nacionais no currículo, o meia Anderson Paraíba pode ser um trunfo para a equipe alvirrubra na partida decisiva deste domingo (10), na Arena das Dunas. Peça importante do meio-campo do Mecão, o jogador chegou ao seu primeiro acesso em 2011, à Série A do Brasileirão, atuando pelo Sport. Em 2016, defendendo o Boa Esporte, conquistou o título da Série C. Dois anos depois repetiu o feito, desta vez com o Operário-PR.

Para comemorar mais uma subida de divisão, o experiente meio-campista confia no potencial já demonstrado pelo time potiguar para conquistar o resultado necessário. O América-RN precisa de uma vitória por três gols ou mais de diferença, e caso vença por dois gols, a disputa será decidida nos pênaltis.

“Foram três acessos muito especiais onde pude aprender muita coisa. Então acho que posso ajudar muito, não só dentro de campo tecnicamente, mas também fora dele. Teremos que atuar com muita inteligência, já que são eles que possuem a vantagem e no início não vão precisar se expor no jogo. Temos um time preparado, com pensamento grande e espírito vencedor. Será uma partida dura, contra um adversário de qualidade, mas tenho certeza que em casa somos capazes de reverter o resultado”, afirma Paraíba.

América-RN e Floresta se enfrentam no domingo, às 16 horas, na Arena das Dunas, em Natal. Quem vencer garante uma vaga na semifinal da Série D, além do acesso à Série C do Brasileiro.