Após eliminação, presidente do Osvaldo Cruz avalia temporada da equipe

O plano do Osvaldo Cruz de voltar a disputar a Série A3 do Campeonato Paulista foi adiado mais uma vez na última quarta-feira, após o time ser eliminado nas quartas de final da Segunda Divisão pela equipe do Bandeirante. Após a queda, o presidente Rubens Romanini, fez uma avaliação da temporada atípica que que o clube atravessou.

Para ele, o balanço do ano, apesar de tudo, foi positivo, uma vez que depois de todos os problemas que o futebol atravessou, teve bola rolando.

“Foi um bom ano apesar de tudo. Apesar de como foi o futebol. Não foi fácil, sem público, um jeito diferente de tocar. Temos que agradecer que ainda teve o futebol”, declarou o mandatário ao portal GE.

Sobre as partidas terem sido jogadas com portões fechados, Romanini destacou o fato da Federação Paulista ter liberado a transmissão das partidas via internet, o que ajudou a não haver um distanciamento do público.

Troca de treinador e futuro

Apesar de sempre ocupar a zona de classificação na primeira fase, houve a troca do técnico PC dos Santos por João Martins. Na visão do presidente, essa troca atrapalhou o planejamento, mas foi algo que posteriormente foi superado.

Sobre o futuro da equipe, Romanini preferiu não comentar, dizendo apenas que primeiro era preciso se organizar para depois pensar em 2021.

Ataliba, Cristiano, Gustavo Almeida e Hiago, jogadores que possuem acordos mais longos, devem seguir vestindo a camisa do Leão.