Lateral não tem contrato renovado e deixa o Náutico: “gostaria de ter ficado”

O empate sem gols contra o Vitória no último dia 25 pelo Campeonato Brasileiro da Série B, foi o último jogo de Wilian Simões com a camisa do Náutico. Com o contrato se encerrando nesta segunda-feira (30), a diretoria optou em não estender o vínculo com o atleta até o final da competição.

“Eu gostaria muito de continuar lutando com meus companheiros para que o Náutico terminasse a Série B livre do rebaixamento. Infelizmente a minha permanência não foi da vontade da diretoria e eu tenho que respeitar. Só posso agradecer a oportunidade de atuar nessas duas temporadas pelo Timbú, onde conquistamos o título da Série C, e continuar na torcida para que a equipe saia dessa situação delicada”, revelou o lateral-esquerdo, que realizou cinquenta jogos pela equipe pernambucana.

Aos 32 anos, Wilian Simões vai conversar com seus representantes nos próximos dias para planejar a sequência da carreira. “O momento é de reflexão e planejamento. Acredito que na próxima semana eu consiga definir com meus empresários qual o melhor caminho e em breve devo estar anunciando o meu próximo destino”, finalizou o jogador, que vinha sendo um dos mais regulares da equipe.

Com títulos conquistados por Sampaio Corrêa, Paysandu, Fortaleza e pelo próprio Náutico, Wilian Simões acumula 329 jogos na carreira profissional com 137 vitórias, 93 empates e 99 derrotas, ficando com um aproveitamento de 51,06%.