João Vallim estreia com vitória no União Suzano

Apresentando nesta segunda-feira (26), como novo técnico do União Suzano, o técnico João Vallim estrou com vitória em sua nova equipe, quando jogando na tarde desta terça-feira (27), no estádio Francisco Marques Figueira, o time vencendo o Atlético Mogi pelo placar de 3 a 2. O duelo foi válido pela quarta rodada do Campeonato Paulista da Segunda Divisão.

Com o resultado, o primeiro positivo do USAC no campeonato, o time chegou aos quatro pontos e alcançou o União Mogi na terceira colocação, mas fica atrás no saldo de gols. Já o Atlético sobre sua quarta derrota em quatro jogos e segue com sua sina de não vencer na Bezinha desde 2017.

USAC abre vantagem

O primeiro lance de perigo do time de Suzano aconteceu logo aos cinco minutos quando Messias invadiu a área na diagonal, bateu forte no ângulo e o goleiro Gabriel foi buscar.

E o goleiro do Atlético voltou a trabalhar bem aos 22 minutos quando após bola alçada na área, o zagueiro Marcão testou firme e Gabriel, como um gato, deu um tapa na bola tirando um gol quase certo.

Só que aos 24 minutos não teve jeito e após bola alçada na área por Messias, Hebert tento o cabeceio e a bola sobrou para Deivide emendar de primeira e fazer um belo gol para abrir o placar em Suzano.

Melhor na partida, o União quase ampliou aos 27 minutos quando Alison bateu falta e ela explodiu no pé da trave direita de Gabriel.

O Atlético foi tentar alguma coisa no final da primeira etapa, quando aos 36 minutos Fernando ficou cara a cara com o goleiro John, que levou a melhor. Dois minutos depois foi a vez de Hebert sair cara a cara com Gabriel, mas o atacante chutou por cima. Aos 42, Fernando tornou a ficar na frente de John e mais uma vez o goleiro susanense se saiu melhor.

Segundo tempo frenético

Após passar alguns sustos no final do primeiro tempo, o União ampliou sua vantagem logo aos dois minutos da etapa complementar quando Alison recebeu um presentão da defesa atleticana e agradeceu mandando a bola para as redes.

O jogo seguiu movimentado nesse início do segundo tempo. Aos cinco foi a vez de Kauê sair cara a cara com John e também chutar em cima do goleiro. A resposta do União veio em seguida em um chute de Deivide que Gabriel deu um tapa para escanteio. Na cobrança do tiro de canto, Marcão apareceu de novo para cabecear e o zagueiro do Atlético salvar em cima da linha.

O segundo tempo era lá e cá e aos 10 minutos, após cruzamento da esquerda, Fagundes subiu na segunda trave e testou de cima para baixo. John se esticou todo e deu um tapa para escanteio. Aos 12 Iego recebeu na entrada da área do Atlético, soltou o pé e Gabriel fez outra grande defesa. Era um festival de gols perdidos dos dois lados.

Aos 25 Patrick recebeu longo lançamento, ganhou o jogo de corpo com seu marcador e chutou à meia altura para fazer 3 a 0. Jogo definido? Nada disso.

Atlético engrossa o caldo

O jogo parecia caminhar para um final mais tranquilo, quando o Atlético decidiu apimentar a disputa nos instantes finais. Aos 41 minutos João Vinícius escapou pela direita e cruzou rasteiro, o zagueiro Marcão na tentativa de cortar jogou contra o próprio patrimônio.

Aos 43, após cruzamento de Ícaro, Patrick cabeceou livre e Gabriel anotou mais uma ótima defesa na partida, mandando para escanteio.

Aos 48 minutos Barba recebeu na meia-lua, deu uma erguidinha na bola e soltou o pé para marcar um belo gol que encerrou a partida.

No próximo sábado o União vai até Guaratinguetá encarar o Manthiqueira. Já o Atlético descansa neste final de semana e na terça também irá até o Vale do Paraíba encarar o Manthiqueira.