Ídolo do Guaratinguetá, ex-meia morre aos 45 anos

O ex-meia Carlos Gilberto Fantini, conhecido no futebol como Nenê, grande ídolo do Guaratinguetá e também maior artilheiro da história do estádio Walter Ribeiro, em Sorocaba, morreu na madrugada desta quinta-feira (22), aos 45 anos de idade.

De acordo com informações passadas por amigos, o ex-jogador teve complicações após um procedimento realizando no dente, chegou a ser internado, mas não resistiu.

Além do Guaratinguetá, ele também passou por diversos outros times do interior de São Paulo como Taubaté, Santo André, São Bernardo, São Bento, Ponte Preta, além de também ter defendido o Caxias.

Nenê deixa esposa e uma filha e será sepultado na cidade de Santo André.

Carreira no Guaratinguetá e artilheiro de estádio

O ex-jogador foi o maior ídolo da equipe do Guaratinguetá, clube que defendeu pela primeira vez em 2006 e teve diversas outras passagens, até encerrar a carreira em 2014.

Ele foi o autor do gol do título do Troféu do Interior em 2007 e após se aposentar continuou morando na cidade, onde fundou uma escolinha de futebol junto com o ex-volante Célio.

Sua passagem pelo São Bento também foi marcante, tendo vestido a camisa do time sorocabano em 78 jogos e marcando 35 gols, sendo 15 deles no Walter Ribeiro, o que lhe torna o maior goleador desse estádio. O Azulão postou nas redes sociais uma nota de pesar.

Outro time pelo qual Nenê passou a se manifestar foi o Taubaté, que relembrou a passagem do meia pelo Burro da Central em 2013. Pelo clube ele disputou 11 jogos e anotou quatro gols.