Mais quatro deixam o elenco do Imperatriz que só tem 14 jogadores

A debandada de jogadores do Imperatriz segue a todo o vapor e nesta semana o Cavalo de Aço perdeu mais quatro atletas o que deixou o elenco, que já era reduzido, com apenas 14 jogadores.

Logo após a derrota diante do Jacuipense, em Salvador, domingo passado, o zagueiro Douglas Mendes e os meias Erthal, Judson, e Edu Amparo não retornara com a delegação e deixaram o clube.

A saída do quarteto não chegou a ser uma surpresa para a diretoria, uma vez que eles haviam acordado que só fariam os dois jogos contra o time baiano, o atrasado da segunda rodada e o de domingo, válido pela 11ª, e depois deixariam o clube.

Com a saída desses atletas, o elenco já soma um total de 14 baixas nas últimas semanas. Antes já haviam deixado o clube o goleiro Henal, os zagueiros Xandão e Felipe Marcelino, os laterais Makeka e Léo Rodrigues, os meias Jocinei e Carlão, além dos atacantes Anderson Cavalo, Guilherme Garré e Giva.

Remanescentes

Ainda sem atingir o limite de inscritos – o clube não revelou quantas fichas em branco ainda possui – o Imperatriz busca fazer algumas contratações pontuais para conseguir encerrar o campeonato. No primeiro duelo contra o Jacuipense, o time chegou a correr o risco de não poder entrar em campo por conta do insuficiente número de atletas.







Os jogadores que ficaram são os goleiros Jairo e Rodrigo Calchi, os laterais Wesley e Lorran, os zagueiros Ramon Baiano, Henrique Matos e Tomais, os meias Nonato, Adriano Bispo e Vinícius, além dos atacantes Cesinha, Jerinha, Reginaldo Júnior e Blaise.

Lanterna do grupo A com apenas um ponto ganho, o Imperatriz joga sábado (24), fora de casa, contra o Remo, único time para quem não perdeu na competição.