Com gols no segundo tempo, Bandeirante bate Tanabi e lidera grupo 1

O Bandeirante estreou com o pé direito no Campeonato Paulista da Segunda Divisão. Na manhã deste domingo (18), em partida realizada no estádio Pedro Marin Berbel, em Birigui, o Leão derrotou o Tanabi por 2 a 0 e lidera o grupo 1.

Com o resultado, o time de Birigui tem os mesmos 3 pontos que o Araçatuba, mas um gol a mais de saldo, o que lhe faz terminar a primeira rodada na liderança. Já o time visitante fecha o primeiro giro zerado.

Chances desperdiçadas no primeiro tempo

Se impondo dentro de seu campo, o Bandeirante não esperou o ponteiro do relógio dar sua primeira volta completa para assustar. Aos 50 segundos, após boa troca de passes na esquerda, Claudevan cruzou e João Vitor chegou de primeira para exigir grande defesa do goleiro Giovani.

Aos 4 minutos novamente João Vitor ficou perto de marcar. Em jogada parecida, só que desta vez com cruzamento rasteiro, o atacante chegou batendo de primeira e a bola explodiu no travessão. Aos 10 João Vitor recebeu na área, mas acabou se atrapalhando na finalização e a bola se perdeu pela linha de fundo.

A primeira chegada do Tanabi no primeiro tempo aconteceu apenas aos 37 minutos quando Rodriguinho recebeu na área, mas chegou por cima do gol.

Antes do intervalo, o João Vitor perdeu outra grande chance, quando recebeu na marca do pênalti, mas chutou para fora.

Gols na etapa complementar

A primeira chance do segundo tempo foi do Tanabi, quando Eric chutou e o goleiro Gabriel desviou para escanteio. Outra grande chance dos visitantes veio aos 11 minutos, quando Rodrigo recebeu de Rodriguinho na entrada da área e bateu firme, o goleiro Gabriel tocou fez um leve desvio e a bola foi na trave.

Aos 19 minutos João Vitor voltou a aparecer, mas desta vez como garçom. Ele tocou para Tatá, que saiu cara a cara com o Giovani e foi derrubado pelo goleiro do Tanabi. O árbitro marcou pênalti, que João Vitor se apresentou para a cobrança e desta vez não desperdiçou, abrindo o placar.

Um minuto depois do gol, João Vitor foi lançado e saiu cara a cara com Giovani, que desta vez levou a melhor sobre o atacante do Leão.







As coisas que já estavam difíceis para o Tanabi se complicaram um pouco mais aos 33 minutos quando Rodrigo cometeu falta, recebeu o segundo cartão amarelo e foi expulso.

Com um homem a mais, o Tanabi definiu a vitória aos 37 minutos quando Yury desceu pela direita e Tatá, que por sua vez rolou na segunda trave para Agnaldo, que tinha acabado de entrar, fazer 2 a  e dar números finais ao confronto.

O que vem pela frente

Na próxima quarta-feira o Bandeirante sai para pegar o Andradina enquanto que o Tanabi receberá no mesmo dia a equipe do Araçatuba.