Técnico do Remo culpa “falta de inteligência” pela derrota no Ceará

O Remo teve neste sábado (17) sua sequência de três vitórias consecutivas dento do Campeonato Brasileiro da Série C quebrada após ser derrotado por 1 a 0 pelo Ferroviário, no estádio Castelão, em Fortaleza, pela 11ª rodada da competição. Irritado com o lance que originou o gol da equipe da casa, o técnico Paulo Bonamigo culpou a “falta de inteligência de jogo” na bola parada.

“Não faltou disposição, vontade dos atletas, mas um pouco mais de inteligência de jogo em se concentrar um pouco na bola parada, que a gente sabia que seria um fator que poderia fazer a diferença”, disse o treinador ao se referir ao gol anotado por Wesley, aos 4 minutos do segundo tempo, após cobrança de escanteio, o que para ele faltou concentração.

“Bola parada tem que sempre estar concentrado. Já decidiu a nosso favor. Hoje (sofremos) um gol que não poderíamos deixar passar aquela primeira bola, nossa equipe tem porte. É entrar já com ritmo intenso. Não pode entrar sem intensidade que requer esse tipo de jogo”, disse.

Bonamigo, que sofreu sua primeira derrota no comando do Leão, lamentou que o gol sofrido tenha ocorrido em um momento que sua equipe estava melhor na partida.

“Fizemos um jogo mais consciente, equilibrado, criamos chances, mas tomamos o gol. Foi uma partida equilibrada. Sabíamos que seria decidido no detalhe e, no momento que estávamos melhor no jogo, sofremos o gol”, analisou.

Mesmo com a derrota, o Remo segue em terceiro lugar do grupo A com 19 pontos ganhos, posição que não perderá nesta rodada. O time terá a chance de se reabilitar no próximo sábado (24), quando recebe o Imperatriz.