Com gol de estreante, Botafogo vence a primeira em casa e sai da zona de rebaixamento

O Botafogo da Paraíba ficou apenas dois duas amargando a zona de rebaixamento. Na tarde deste sábado (10), jogando no estádio Amigão, em Campina Grande, pela décima rodada, o Belo conquistou sua primeira vitória no Campeonato Brasileiro da Série C jogando na condição de mandante ao bater por 2 a 1 a equipe do Ferroviário, que pode sair do G4 ainda neste domingo.

Com o resultado, o time da casa chegou aos 11 pontos em 10 jogos, alcançando a sétima colocação, deixando para trás o Treze e o Jacuipense, este que agora está na zona de rebaixamento. No entanto, essas duas equipes possuem um jogo a menos.

Já o Ferroviário sofreu sua terceira derrota em quatro jogos e pode perderá a quarta posição caso o Paysandu derrote o Santa Cruz em Recife.

Os gols

Depois de um primeiro tempo sem muita empolgação, a segunda etapa começou quente e logo a um minuto Lucas Hulk acertou carrinho violento em Higor Leite, recebeu cartão vermelho e deixou o time visitante com um a menos.

De imediato o Botafogo aproveitou a vantagem de um jogador a mais. Logo no minuto seguinte, Diego Rosa tocou para o estreante Rodrigo, que finalizou para boa defesa do goleiro Genivaldo – que havia entrado no intervalo – o rebote bateu nas próprias pernas de Rodrigo e entrou.

Mesmo com um a menos, o Ferroviário conseguiu o empate aos 7 minutos, quando Tiago Costa achou Willian Lira sozinho dentro da área. Ele dominou e bateu na saída de Felipe.

Não demorou muito e o segundo gol do Belo veio aos 11 minutos, quando Ramon recebeu passe pela esquerda de Higor Leite. Ele escorou de cabeça para frente e soltou o pé esquerdo, cruzado, para fuzilar o gol de Genivaldo e dar números finais ao duelo.

Próxima parada

O Botafogo volta a jogar apenas no dia 19 (segunda-feira), quando sai para pegar o Manaus, na Arena da Amazônia. No sábado (17), o Ferroviário tentará acabar com a sequência negativa quando recebe o Ferroviário.

Botafogo-PB: Felipe, Marcos Martins, Luís Gustavo, Rodrigo e Christianno (Marcelo Xavier); Vitinho, Juninho (Erivélton), Higor Leite (Léo Moura) e Rodrigo Andrade; Diego Rosa e Ramon (David Batista);

Ferroviário: Nícolas (Genivaldo), Gabriel Cassimiro (Neílson), Vitão, Willian Machado e Tiago Costa (Madson); Lucas Hulk, Diego Lorenzi, André Mensalão (Adriano Paulista) e Caíque (Magno); Siloé e Willian Lira.