Após perder a chance de entrar no G4, time da Série C demite treinador

A dança dos técnicos na Série C do Campeonato Brasileiro ganhou mais um integrante nesta quarta-feira (7). A diretoria do Criciúma anunciou a demissão do técnico Roberto Cavalo, de outros membros da comissão técnica e até da parte executiva do clube.

O treinador deixa o clube após derrota por 3 a 1 para o Brusque, na última segunda-feira (5), fora de casa, resultado que impediu o Carvoeiro de entrar no G4. A equipe virou o primeiro turno a quinta colocação do grupo B, com 12 pontos, um a menos que o Volta Redonda, time que fecha o G4.

Junto com Roberto Cavalo saíram o auxiliar Wilsão, o preparador físico William Hauptman e o executivo de futebol Evandro Guimarães.

Contratado em setembro do ano passado para tentar salvar o time, então na Série B, do rebaixamento, Roberto Cavalo seguiu no clube mesmo após a queda para a Série C. Sua passagem foi marcada por 37 jogos, sendo 11 vitórias, 11 derrotas e 15 empates.

O Criciúma volta a jogar pela Série C do Campeonato Brasileiro no próximo domingo (10), quando recebe o Londrina, às 20 horas, no Heriberto Hülse.