Após perda do acesso na A2, time dispensa treinador e 15 jogadores

Poucos dias após a perda da semifinal do Campeonato Paulista da Série A2 para o São Caetano  e do consequente acesso, o XV de Piracicaba iniciou a reformulação de seu elenco com várias peças deixando o clube.

Uma das saídas é a do técnico Evaristo Piza, que deixou o clube junto com seu auxiliar o auxiliar Marco Antônio e o preparador físico Claudinho Creato.

“Não faltaram trabalho, dedicação e profissionalismo. Tínhamos um grupo trabalhador e, mais uma vez, saio chateado por não termos conquistado o acesso. Pela grandeza da camisa e da torcida, tenho certeza que isso irá acontecer em breve. Ninguém chega em três semifinais seguidas de Série A2 do Paulista, que é um campeonato muito difícil, por acaso. O trabalho deve ser mantido, o caminho é esse”, disse o agora ex-técnico quinzista em sua despedida.

Jogadores

No final de semana o meia Daniel Costa já havia acertado sua transferência para o Manaus, time que disputa a Série C do Campeonato Brasileiro.

Outros jogadores que deixaram o Barão de Serra Negra foram os goleiros Fábio Toth e Mota, os laterais-direito Jefferson Feijão e Robertinho, os zagueiros Diego Jussani e Paulão, os volantes Walfrido e Felipe Manoel, o meia e Filipe Cirne e os atacantes Caio Mancha, Erik, Kelvin, Marcelinho e Raphael Macena.

Agora a equipe foca a disputa da Copa Paulista competição que jogará com atletas oriundos de suas categorias de base. O clube também está em busca de um novo treinador.