Criciúma e Volta Redonda empatam e Brusque agradece
Destaque Série C

Após jogos deste domingo, Grupos da Série C têm novos líderes

A rodada deste domingo (6), do Campeonato Brasileiro da Série C apontou novos líderes nos grupos A e B.

No único jogo válido pelo grupo A, o Ferroviário recebeu o Manaus na Arena Castelão e empatou em 1ª 1, resultado que deixou o time cearense com os mesmos dez pontos que o Santa Cruz, mas com melhor saldo de gols (oito contra três), o que lhe fez assumir a liderança. O Manaus é o quinto colocado, com seis pontos. O G4 é fechado por Remo e Vila Nova, que acumulam oito pontos.

Os gols do jogo saíram no segundo tempo. Aos 10 minutos Tiago Costa foi derrubado dentro da área. Pênalti, que Wellington Rato bateu com categoria e abriu o placar.

Mas foi em uma penalidade – aliás em duas – que o Gavião chegou ao empate. A primeira penalidade foi anotada aos 31 minutos. O goleiro Nicolas fez a defesa e pegou o rebote, mas o lance acabou gerando outro pênalti. Desta vez Paulinho não desperdiçou e deu números finais ao placar.

Grupo B

Pelo grupo B, o Brusque foi até Varginha encarar o Boa Esporte e não apenas voltou de lá com três pontos, como também com a liderança. O gol que deu a vitória aos catarinenses por 1 a  saiu aos três minutos do segundo tempo quando Marco Antônio cruzou na medida para Alex Sandro marcar de peixinho.

Com o resultado, o Quadricolor chegou aos 12 pontos, um ponto a mais que o Volta Redonda, que jogando fora de casa empatou em 1 a 1 com o Criciúma, que subiu para a terceira colocação com oito pontos.

Jean Dias abriu o placar para o Tigre aos 21 do primeiro com ajuda do goleiro Douglas Borges, que errou o tempo de bola e aceitou o chute de fora da área. O empate também veio em um chute de fora. Aos 26minutos, Saulo Mineiro arriscou de canhota e decretou o placar final da partida.

O G4 do grupo A é fechado pelo Ypiranga, que recebeu o Tombense, venceu por 2 a 0 e chegou também aos oito pontos. Os gols foram marcados por Fernandinho, de pênalti, aos 3 minutos do segundo tempo, e Douglas, de cabeça após cobrança de escanteio aos 30.