Inter de Bebedouro busca alternativas para segurar seus jogadores

Antes da parada do futebol, a Inter de Bebedouro contava com 23 jogadores contratados para a disputa do Campeonato Paulista da Segunda Divisão. Porém, sem ainda saber quando entrará em campo e também tendo que encarar a queda nas receitas, a diretoria se viu obrigada a dispensar todos, mas ainda busca um jeito de mantê-los, mesmo contrato assinado.

“Eram 12 contratados e registrados, mas tivemos que desfazer o contrato com os jogadores para que eles conseguissem receber o auxílio do governo. Alguns que chegaram por último e que não tinham contrato estamos ajudando como podemos” disse o presidente do clube, Gustavo Fogari, ao portal GloboEsporte.

“Estamos trabalhando e queremos manter todos os jogadores que já tinham assinado com a gente e também aqueles que estavam apalavrados. Queremos manter todos até o fim para fazer uma boa campanha nos campeonatos e dar alegrias para o povo de Bebedouro”, seguiu o mandatário.

Fogari lamentou a perda de alguns patrocinadores e disse que o clube foi muito prejudicado, assim como os demais das outras divisões, em um ano em que a Inter havia feito um bom planejamento.

“Planejamos tudo muito bem neste ano, mas infelizmente fomos pegos de surpresa e tivemos que parar com as atividades e não temos certeza nenhuma de quando tudo vai voltar. Perdemos patrocinadores e estamos nos virando, mas a diretoria não deixou de trabalhar”, disse.

No Campeonato Paulista da Segunda Divisão deste ano, a Inter de Bebedouro está no grupo 3, junto com América, Francana, Taquaritinga, Grêmio São-Carlense, São Carlos e Matonense. No entanto, um novo arbitral deverá ser feito após a volta do futebol para definir uma formula de disputa que se enquadre melhor a nova realidade dos clubes.